Mar Morto, o ponto mais baixo da Terra

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Em 2014, o Mar Morto já estava 427 metros abaixo do nível do mar. Esse desnível vem aumentando cerca de um metro por ano.

Essa é uma consequência da crescente captação de água em seu principal afluente, o Rio Jordão, única fonte de água doce na região para atendimento das necessidades de Israel e Jordânia. Outra causa do problema é a extração descontrolada de potássio pelas mineradoras e indústrias químicas como a Israel Chemicals.

Além de ficar cada vez mais baixo, o Mar Morto também está ficando menor a cada ano, em razão dos mesmos problemas.

Em 1930, quando começou a ser monitorado, o Mar Morto estava 390 metros abaixo do nível do mar e possuía uma superfície de 1.050 quilômetros quadrados. Em 2014, quando o desnível já era de 427 metros, a superfície havia caído para 650 quilômetros quadrados.

O nome Mar Morto deve-se à grande quantidade de sal ali existente - dez vezes superior à dos demais mares e oceanos -, tornando difíceis as condições de vida. Um peixe que seja transportado pelo Rio Jordão, por exemplo, morre imediatamente quando tem contato com sua água extremamente salgada.

O Mar Morto está no final do Rio Jordão e foi criado pela fricção de duas placas tectônicas que formam a chamada Fenda Sirio-Africana, rachadura que causa terremotos e que, quando foi criada, permitiu a entrada de água salgada. A ligação que havia anteriormente com o Mar Mediterrâneo secou há 18 mil anos e, com isso, a água salgada ficou estocada no local. Com a evaporação ocorrida ao longo do tempo diminuiu a quantidade de água e aumentou a presença do sal.

Essa presença elevada de sal faz com que os turistas flutuem com facilidade em suas águas.

No passado era chamado de Mar Salgado. O nome de Mar Morto só passou a ser utilizado no segundo século d.C.

Aleatórias

Quantos oceanos existem e qual sua profundidade?

A Fossa das Marianas (foto), no Pacífico, com uma profundidade de 11.034 metros, é o local mais profundo dos oceanos.

Quem é o Aedes aegypti, o terrível mosquito da dengue

O mosquito Aedes aegypti chegou ao Brasil nos navios negreiros, mas foi nos anos recentes que começou a causar os maiores danos. Milhões de pessoas já foram infectadas e algumas até mortas. Os óbitos podem chegar a 1% dos casos.

Do Monte Kilimanjaro ao Lago Assal, as altitudes extremas da África

O monte Kilimanjaro (montanha branca, em Masai), na Tanzânia, é o ponto mais alto da África, com uma altitude de 5.895 metros (foto) no Pico Uhuru. O ponto mais baixo é o Lago Assal, no Djibuti, 155 metros abaixo do nível do mar./

Galeria de imagens

bicicleta
bicicleta1
celular1960
dengue
galaxias
grandecolisor
marte
neuronios
origemhomem
pesquisa
presal
sol
televisao
ufo
beatles
beatles1
beatles2
inquisicao
muralhachina
napoleao
tonicotinoco
aerogeradores
altamira
aquifero-alter-do-chao
beijomaislongo
bruxas
burqa

Online

Temos 1950 visitantes e 7 membros online