Qual é a cidade mais fria do Brasil?

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia do Brasil (INMET), esse título é de Urupema (foto), em Santa Catarina.

O município está localizado a 212,2 quilômetros de Florianópolis, pela BR-282. Está a uma altitude de 1.335 metros acima do nível do mar e tinha, em 2010, segundo o IBGE, um total de 2.482 habitantes.

Seu Clima Temperado Marítimo coloca o município sob influência das massas polares atlânticas e das massas polares continentais, mais secas e muito frias. Outras questões que influenciam as baixas temperaturas são o fato de a cidade estar a uma altitude elevada e se situar entre vales, que reduzem a passagem de raios solares. Normalmente as temperaturas máximas no verão não passam de 30 graus centígrados e, no inverno, chegam a um máximo de 20 graus.

As condições climáticas do município fazem com que, ali, se observe com maior frequência o Sincelo, um fenômeno meteorológico que ocorre quando há nevoeiro e que congela as gotas de água em suspensão quando estas entram em contato com a superfície. Não se trata de geada.

O ponto mais alto de Urupema é o Morro das Torres, com 1.733 metros de altitude e o melhor local do país para observar o Sincelo. Pouco abaixo do topo do morro, na altitude de 1.550 metros, está a Cachoeira que Congela, que permanece congelada nos dias mais frios do inverno. Em 1975 registrou grossas camadas de gelo por vários dias. Em julho de 2000, ficou completamente gelada por 12 dias. A seis quilômetros dali está uma das estradas do país com a maior altitude, a 1.565 metros do nível do mar.

Além do Urupema, as outras cidades mais frias do Brasil são São Joaquim, Bom Jardim da Serra e Urubici, em Santa Catarina; São José dos Ausentes, Bom Jesus e Cambará do Sul, no Rio Grande do Sul. Essas cidades tem oito meses com possibilidade de geada ou neve, entre abril e setembro.