Quando começou o uso da energia eólica no Brasil?

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A energia eólica começou a ser produzida no Brasil em 1992, ano em que começou a operar o primeiro aerogerador no arquipélago de Fernando de Noronha, em Pernambuco.

Esse primeiro aerogerador tinha uma capacidade de 225 kW e resultou de uma parceria entre o Centro Brasileiro de Energia Eólica (CBEE) e a Companhia Energética de Pernambuco (CELPE).

Em 2001 foi criado o Programa Emergencial de Energia Eólica (PROEÓLICA), como resultado da crise energética enfrentada nesse ano, posteriormente sucedido pelo Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Eólica (PROINFA), que viabilizou a indústria de turbinas eólicas e de componentes no país. E, nesse momento, começou a expansão da energia eólica no país.

Em março de 2015 já estavam implantadas no país 254 usinas eólicas, com uma capacidade instalada de 6,39 GW. Para 2017 projeta-se uma capacidade instalada de 8,7 GW, segundo informações da Associação Brasileira de Energia Eólica.

Ainda em março de 2015 a energia eólica tinha uma participação de 4,6% na matriz energética brasileira, enquanto a energia hidrelétrica representava 62,6% (capacidade instalada de 84,6 GW).

No final de 2013 a capacidade instalada de energia eólica em todo o mundo era de 318.105 MW. A China liderava essa capacidade, com 91.412 MW instalados, seguindo-se os Estados Unidos com 61.091 MW; a Alemanha, com 34.250 MW; a Espanha, com 22.959 MW e a Índia, com 20,150 MW.

O Brasil, nesse momento, representava 1,08% da capacidade instalada em todo o mundo. Cientistas estimam que os ventos permitem a geração eólica, em condições econômicas, de 80 TW em todo o mundo, muitas vezes a potência atualmente instalada e em produção no mundo.

De acordo com o Atlas do Potencial Eólico Brasileiro, do Centro de pesquisas de Energia Elétrica da Eletrobras, o potencial brasileiro é de 300 gigawatts. E, neste momento, se usa pouco mais de 2% dessa capacidade.

Mais de 71 mil quilômetros quadrados do país, a maior parte na costa do Nordeste, têm velocidades de vento superiores a sete metros por segundo, a situação ideal para a geração de energia eólica. Isto permitiria a produção de 272 terawatts-hora por ano (TWh/ano) de energia elétrica, pouco mais de 64% do consumo nacional de energia elétrica, que é de 424 TWh/ano.

O parque eólico Alto Sertão I, na Bahia, é neste momento a maior área de geração de energia eólica no país, podendo gerar até 300 MW. Segue-se o Parque Eólico de Osório, no Rio Grande do Sul, com capacidade para gerar até 150 MW.

A energia eólica transforma o vento em energia através de aerogeradores gigantescos (foto), que vêm transformando a paisagem de muitos lugares do mundo, inclusive no Brasil.

Essa forma de energia é utilizada desde a antiguidade para mover barcos a vela. O grego Herão de Alexandria, no século I d.C., teria sido o primeiro a transformar uma roda de vento como fonte de energia para alimentar uma máquina. Os primeiros moinhos de vento teriam aparecido na Pérsia (atual Irã) a partir do século VII. Por volta do ano 1000, já eram usados para bombear água do mar até as salinas da China e Sicília. A partir do século XI foram usados na Europa para moer farinha.

Aleatórias

Quem inventou o celular? E quando?

Ele não era tão lindo e funcional como é hoje e surgiu em 1947. A foto é de um rádio-telefone da década de 1960.

Lago Baikal, o recordista em profundidade, idade e volume de água

O Lago Baikal (foto) é o maior lago de água doce da Ásia e o mais profundo lago de água doce do mundo.

O que são e por que ocorrem os terremotos?

Os terremotos (na foto o tsunami no Japão, em 2011) podem ocorrer entre a superfície e profundidades de até 700 quilômetros, os mais raros.

Galeria de imagens

bicicleta
bicicleta1
celular1960
dengue
galaxias
grandecolisor
marte
neuronios
origemhomem
pesquisa
presal
sol
televisao
ufo
beatles
beatles1
beatles2
inquisicao
muralhachina
napoleao
tonicotinoco
aerogeradores
altamira
aquifero-alter-do-chao
beijomaislongo
bruxas
burqa

Online

Temos 1960 visitantes e 7 membros online